Blog das Carreiras Jurídicas pela Democracia

Lineralave

Lineralave fica em um pequeno lugar distante de tudo.

Lá moram minúsculos seres que habitam a terra mais profunda e fria. Quando a noite se aproxima e a lua cheia de cada verão sobe pelo canto esquerdo do lago, todos se banham de prata e comemoram a vida e a sua falsa leveza.

Assim me disse uma velha corcunda, negra como ventania em final de tarde, dona de um corpo roliço e mãos amarfanhadas, quando me viu pela primeira vez. Também me contou devagarzito, em uma certa manhã, quase num segredo, que foi lá que as mães, ainda jovens e ingênuas, acreditaram, um dia, no amor incondicional de seus filhos assim como foi por lá que a desilusão – tão necessária para se bem viver – se impôs com força e persistência.

Lineralave, contou-me a sábia mulher, transpira contradição: amizade e frieza; solidariedade e ingratidão; desrespeito e afeto; escárnio e paciência. Por lá também vicejam a crueldade e o amor sob todas as coisas, o morno desejo e a tórrida paixão. O sexo bem trabalhado e o gozo burocrático.

Se vê, de quando em quando, assim eu soube, um lineralave correr nu pelos campos, sob a chuva, em estado de transe – loucura quase -, a declamar poesias, dessas de acreditar no mundo e no amor. Outro caminha a passos de formiga, colhendo o pó das estrelas que rasparam os céus com pressa e em desalinho. Como um raio que cai no grande lago, o silêncio se rompe sob a notícia de um amor extramuros, de uma desavença entre este ou aquele ou o choro forte do mais novo lineralave regando o solo fértil e úmido.

Em certas tardes modorrentas, atirado numa rede verde como o mar, escutando o zumbido das abelhas que festejam a chegada da primavera doce e chuvosa, cabeceio sonolento e, em um segundo, sinto-me sugado por essa força elíptica. Então, no silêncio de minh’alma, agradeço, arrepiado desde a nuca, porque em Lineralave, assim como em toda a humanidade, há mais paz e candura do que veneno e má ambição.

Karla Aveline, Juíza de Direito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top